Suinocultura brasileira amplia exportações para Rússia e Argentina

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A suinocultura brasileira apresentou um aumento de suas exportações no mês de maio, ampliando o mercado externo com alguns países. A Rússia, por exemplo, já é a maior parceira comercial dos produtos brasileiros, sendo responsável por receber cerca de 40% da carne suína brasileira. Em relação ao ano anterior, isso representa 15% a mais para o país do leste europeu.

Outro mercado que também vem ampliando as importações do produto brasileiro é a vizinha argentina, sendo que somente entre janeiro e abril deste ano comprou cerca de 12 mil toneladas de carne suína. Isso representa cerca de 5% de nossas exportações.

Por outro lado, em virtude da Operação Carne Fraca, desencadeada recentemente, as exportações para a China e Hong Kong sofreram queda. Hong Kong, no período de janeiro a abril, comprou 20% a menos se comparado ao ano passado. Já a China, 4% a menos.

Apesar destes números, e de acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a recuperação da confiança e mercado com estes países tende a melhorar a partir do segundo semestre.

Para garantir o sucesso de toda produção vários investimentos em planejamento e gestão devem ser realizados. Confira.

Fonte: Suinocultura Industrial

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Mercado e comercialização: