Santa Catarina se destaca em exportação de carne suína e de aves e busca profissionais capacitados

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Santa Catarina vem se destacando, ano após ano, no cenário internacional de exportações de carne suína e de aves, batendo sucessivos recordes. Tudo isso é fruto de mais de dez anos de investimentos em medidas sanitárias, o que gerou o reconhecimento de organismos internacionais e a certificação de diversas empresas.

Em 2017, por exemplo, o estado foi reconhecido como zona livre de Febre Aftosa pela Organização Mundial de Saúde Animal – OIE.

Todas estas conquistas podem ser medidas pelos resultados, ou seja, antes de 2007 o Estado exportava cerca de 183 mil toneladas de carne. Dez anos depois, esta quantidade saltou para 274 mil toneladas, o que representa um aumento de 48% e cerca de 550 milhões de dólares para o Estado.

Mas os objetivos não param por aí, pois Santa Catarina continua a buscar novos desafios, por meio do aumento da segurança alimentar, e a busca por profissionais cada vez mais preparados para atuar dentro deste contexto.

Alcance todas as oportunidade do mercado na área da suinocultura com um planejamento eficiente e que maximize os resultados. Confira.

Fonte: Suino.com

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Mercado e comercialização: