Relação suíno vivo e saca de milho desfavorável

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A APCS (Associação Paulista de Criadores de Suínos) destacou que a relação saca de milho e suíno vivo está desfavorável no estado.

Representantes da APCS destacaram que a relação suíno/milho deve ser de 2,5 vezes, fato não observado, mesmo com a alta dos preços do suíno vivo.

A relação que finalizou a semana passada estava em 1,84/arroba por saca de milho, com R$ 3,40/quilo do suíno vivo e R$ 35 a saca do grão.

O presidente da APCS, Valdomiro Ferreira Júnior, ressaltou que “o ideal, com base nos dados históricos, é de uma relação de 2,5 vezes. Portanto, o valor mínimo que o suinocultor paulista deveria estar vendendo por seus animais é de R$ 87,50/arroba ou R$ 4,67/quilo, 35,66% acima da cotação atual”.

Na última quinta-feira (16/8), Marcelo Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), se reuniu com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Caio Rocha, para discutir medidas que possam reduzir o custo de aquisição do milho por parte das granjas. O setor espera ansioso por respostas positivas dessa reunião.

Fonte: Suinocultura Industrial

Adaptação: Portal Suínos e Aves

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja outras publicações da Portal suínos e aves:

A retomada do consumo de porco caipira

Prejuízos causados pela Argentina na exportação de carne suína

Os ovos de pata e codorna querem seu lugar à mesa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 19 de agosto de 2012