Ubabef promove ações com o objetivo de ampliar exportações de frangos e ovos na América Central

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com o objetivo de ampliar a pauta brasileira das exportações de frangos e ovos, o presidente da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), Francisco Turra, e o diretor de Mercados da entidade, Ricardo Santin, promovem em novembro uma série de ações.

A programação começa na segunda, dia 5, com a realização de um encontro empresarial para potenciais compradores de produtos avícolas em Cuba, durante a Feira Internacional de la Habana (FIHAV 2012), em Havana.

O evento contará com apresentações da gestão produtiva do setor avícola brasileiro, pautado pela qualidade, sanidade e sustentabilidade de seus produtos, o que permitiu ao país conquistar mais de 150 mercados pelo mundo e liderar a exportação mundial do segmento. O evento será realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e empresas do setor avícola do Brasil também participarão do evento.

 Após o encontro em Havana, o presidente da Ubabef e Ricardo Santin seguirá para o Panamá para um encontro com autoridades locais, a fim de discutir os parâmetros para a abertura desse mercado.

Segundo Turra, existe um grande potencial de crescimento para as exportações de produtos avícolas brasileiros na América Central, uma região que passa por importantes transformações político-econômicas e que poderá crescer em peso e importância como parceira nas relações comerciais com o Brasil. “O Brasil construiu um excelente relacionamento com os países centro-americanos, seja por vias governamentais ou por relações privadas, como na Associação Latino-americana de Avicultura”. ''Nossa intenção é expandir os negócios com esses países, auxiliando na manutenção da segurança alimentar, sem prejudicar os produtores locais'', explica Turra.

A Ubabef além da ampliação das exportações de ovos para a América Central tem intensificado os esforços para abrir o mercado europeu. Neste sentido, a entidade avícola, com o suporte da Apex-Brasil, promoveu na semana passada, durante a SIAL Paris 2012, um encontro entre o escritório Alonso & Associados, que representa os interesses do setor brasileiro em Bruxelas, na Bélgica, sede da Comunidade Europeia, e representantes de empresas associadas exportadoras de ovos.

O presidente da Ubabef argumenta que: “O Brasil atende a todos os requisitos necessários para se tornar fornecedor desse importante mercado consumidor, que é um dos mais exigentes em sanidade alimentar no mundo”.

 Fonte: Pecuária Rural

Adaptação: Portal Suínos de Aves

Conheça o Curso sobre Alimentos e Alimentação de Frangos de Corte!

 

 

 

Veja outras publicações do Portal Suínos e Aves:

Crise na Suinocultura: desistir ou buscar alternativas?

Liberada a exportação da carne suína brasileira para a argentina

Exportação brasileira de frango no primeiro semestre aponta avanço na exportação

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 5 de novembro de 2012