Transporte de ração animal

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

transporteOs alimentos devem ser protegidos de fontes de contaminação. É necessário protegê-los de qualquer medida que possam tornar-se inaptos para consumo, propiciando um ambiente que permite controlar de forma eficiente o crescimento de microrganismos patogênicos ou de deterioração e produção de toxinas.

Para que os alimentos não se contaminem é preciso apontar medidas eficazes de controle da higiene em todas as etapas, desde a produção ao transporte, e manuseio nas granjas. Os alimentos devem ser protegidos durante o transporte, sendo que o tipo de meios ou de recipientes necessários dependerá da classe de alimentos e das condições em que deverá ser transportado.

Os meios de transporte e os recipientes para os produtos a granel precisam ser protegidos de forma que: não contaminem os alimentos ou a embalagem; embalagens fáceis de limpar quando necessário, evitando a contaminação; possam manter com eficácia a temperatura, o grau de umidade, e outras condições necessárias para proteger os alimentos do crescimento de microrganismos nocivos ou indesejáveis.

Fonte: www.apicarnes.pt/pdf/segalcodex_.pdf

BOAS PRATICAS DE FABRICAÇÃO DE RAÇÃO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 25 de junho de 2015