Transmissão e sintomas da doença aviária New Castle

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

simposio-avicultura-nordesteA avicultura é um setor lucrativo no agronegócio brasileiro, mas muitas são as moléstias que podem vir a acometer o plantel. Dentre essas moléstias temos a new castle que é uma doença causada por um vírus, causando sintomas respiratórios, em geral seguidos por manifestações nervosas, diarreias e inchaço da cabeça.

Os sintomas característicos da doença são o baixo consumo de ração e água; as aves se amontoam próximo da fonte de calor; espirros, respiração ofegante e estertores na traqueia; asas caídas e tremores; pernas distendidas; torção da cabeça e pescoço; andar em círculo e de costas, principalmente após beberem água; paralisia completa; diminuição parcial ou total da produção de ovos; ovos de cor, forma ou superfície anormais.

A transmissão acontece pelo contato direto entre os animais sadios e os animais doentes, através dos espirros, das fezes, dos ovos postos durante a fase clínica, carcaças durante uma infecção aguda ou morte, e também pela ingestão de água e alimentos contaminados com o vírus.

A prevenção se dá através da vacinação de todo o plantel e também pelo manejo adequado, evitando o contado com caixas e equipamentos de outras granjas e mantendo os lotes com a mesma idade. Em caso da contaminação pela new castle as aves acometidas pela doença devem ser queimadas e enterradas, evitando dessa forma a contaminação pelo plantel.

Qual a fisiologia do aparelho digestivo das aves?

Quais as características dos híbridos comerciais?

Como realizar a avaliação do desempenho do lote de aves?

 

Fonte: Agronegócio Avicultura

Adaptação: Portal Suínos e Aves

 

 

Conheça os Cursos de Planejamento e Produção de Frango de Corte

planejamento-e-produçao-de-frango-de-corte21

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 9 de maio de 2014