Sarna em suínos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os suínos são sensíveis a dois tipos de sarna, a sarcóptica e a demodécica. A sarna sarcóptica é mais frequentemente encontrada, enquanto à sarna demodécica é de rara ocorrência entre os suínos. Quando a sarna acomete os animais, eles apresentam descamação da pele, causada pelos ectoparasitas, além de intensa coceira. Para se aliviarem desta coceira, os animais roçam o corpo contra a parede. A sarna acomete os suínos de todas às idades. Quando a fêmeas são portadoras da sarna, o parasita pode ser transmitido aos filhotes. A sarna também se espalha através dos machos reprodutores durante a cobertura. Os suínos infectados apresentam-se inquietos e irritados, perdem peso, há retardo no crescimento e também aumento de refugos. Se for observado sarna no plantel, os animais devem ser tratados com vacinas ou com banhos com sarnicidas, todo tratamento é preciso ser indicado pelo médico veterinário capacitado.  

Quais as principais legislações que regulamentam o registro e o funcionamento de estabelecimentos fabricantes de ração?

Conheça nossos kits Shop Veterinário.

Como planejar e administrar uma granja comercial de suínos?  

 

Para diagnóstico dessas enfermidades que afetam a saúde animal o médico veterinário conta com o auxílio de laboratórios confiáveis e certificados para realização de exames. Conheça.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 3 de outubro de 2014