Produção de biogás a partir de dejetos suínos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os dejetos produzidos na cultura suína podem ser utilizados na produção de biogás, por um processo de digestão anaeróbia que consiste em um complexo de cultura mista de microrganismo capazes de metabolizar materiais orgânicos complexos, como os carboidratos, os lipídios e as proteínas, a fim de, produzir o metano (CH4) e o dióxido de carbono (CO2) e material celular.

É uma produção lucrativa, uma vez que, a geração do biogás apresenta baixos custos,pois envolve pouca tecnologia que se encontra associada e facilidade operacional. No meio rural a produção de biogás vem se destacando devido aos aspectos de saneamento e geração de energia térmica e elétrica, e ainda porque contribuem significativamente com a redução dos gases emitidos que favorecem o desenvolvimento do efeito estufa, além de estimularem a reciclagem orgânica e de nutrientes.

O biogás pode ser utilizado nos sistemas de produção de animais, no aquecimento, iluminação, geração de energia elétrica e também em motores para transporte de resíduos e do biofertilizante. Dessa forma, a produção de biogás através de dejetos suínos, apresenta-se como grande economia e consequente lucratividade dos produtores.

 

Quais os princípios da qualidade aplicadas à suinocultura? Quais as estratégias para maximização do lucro na produção suína? Qual a situação da produção brasileira de carne suína?   Fonte: Revista Globo Rural Adaptação: Portal Suínos e Aves    

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 2 de julho de 2014