Previsão de crescimento produtivo e exportação de carne suína brasileira

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As estimativas são que a produção brasileira de carne suína deverá crescer 22% e as exportações 28% nos próximos dez anos. São indicativos do “Outlook Brasil – Projeções para o Agronegócio”, estudo realizado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) em parceria com o Icone (Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais) prevendo que até 2022 a suinocultura brasileira deverá produzir 4,1 milhões de toneladas de carne, sendo 3,4 milhões de toneladas destinadas ao consumo interno e 700 mil toneladas encaminhadas ao mercado internacional.

A elevação das taxas de consumo interno será o principal responsável pelo salto produtivo na suinocultura. Anualmente, o crescimento deve atingir superávit de 1,8% e o consumo brasileiro deve saltar para 15,7 quilos por habitante ao ano.

Para o comércio internacional, o estudo aponta um crescimento de 28% das exportações suinícolas brasileiras nos próximos dez anos, ou seja, o envio de 700,2 mil toneladas de carne suína brasileira para outros mercados até 2022.

Os números poderão ser ainda maiores, visto a abertura de novos mercados internacionais, não apontados pelo estudo.

Fonte: Suinocultura Industrial

Adaptação: Portal Suínos e Aves

 

 

 

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

 

 

Veja outras publicações da Portal suínos e aves:

Exportação recorde de carne suína mineira

Material genético e raças de frangos de corte

Suínocultura tem sido de constantes oscilações

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 8 de maio de 2012