Preço da carne recua 2% segundo índice FAO

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O mercado de alimentos apresentou alta de 6% no mês de julho, segundo índice da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). O índice geral de preços subiu para pouco mais de 213 pontos, o que significa que continua aquém dos 238 pontos registrados em fevereiro de 2011, números imbatíveis até agora.

A reversão de queda de preços observada nos últimos meses foi assegurada pelo aumento considerável nos índices comercializados de grãos e cereais que, no mês, aumentaram 38 pontos e, assim, ficaram muito próximos do recorde mais recente – 265,4 pontos em abril do ano passado.

Mas, caminhando contra as elevações, os preços das carnes apresentaram quedas. Perderam 1,7% de seu preço anterior e, com queda de três pontos, ficaram em cerca de 170 pontos, o menor nível dos últimos 18 meses.

As carnes apresentaram evolução de preço quase 100 pontos inferior a dos grãos, que aumentaram quase 60%. Assim, a distância de preços entre os dois itens apenas aumenta, como ressalta o gráfico abaixo:

Fonte: Avisite

Adaptação: Portal Suínos e Ave

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja outras publicações da Portal Suínos e Aves:

Corte do Último Terço da Cauda de Suínos: por que fazer?

Transporte adequado impacta favoravelmente na qualidade da carne suína

Aumento do custo de produção dificulta a suinocultura mineira

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 13 de agosto de 2012