Peste suína clássica

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

suinos..Foi no século XX à etimologia viral da peste suína ficou estabelecida, apesar de ter sido reconhecida pela primeira vez no século XIX.

A peste suína (PSC), também é conhecida como febre suína ou cólera de porcos, é uma moléstia contagiosa causada pelo vírus RNA da família Flaviviridae, que pode levar o animal à morte. O vírus ataca as células endoteliais, células linfo-reticulares, macrófagos e algumas células epiteliais específicas.

Os sinais clínicos apresentados pelos animais adoecidos dependerão de fatores como a idade a virulência da cepa envolvida. Os animais apresentam depressão e febre alta, associados com leucopenia rigorosa, como o vírus ataca o sistema linfóide, há necrose das amídalas; regiões avermelhadas, hemorragia e cianose em animais de pele branca, geralmente nas extremidades, axilas, abdômen e face interna dos membros.

A contaminação do plantel geralmente acontece pela via oronasale alguns fatores que são responsáveis pela propagação da doença são a alta densidade populacional e a presença de porcos silvestres (grande reservatório do vírus).

O controle da doença é feito através de vacinas que induzem os anticorpos neutralizantes e também eliminando a população infectada; investigando a epidemiologia, clínicas e virológicas; restringindo a movimentação de suínos vivos, da carne suína e de outros vetores que possam transmitir a doença.

Fonte: Info Escola

Adaptação: Portal Suínos e Aves

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 19 de maio de 2014