Perspectivas brasileiras para aves e suínos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A multinacional bancária Rabobank, localizada nos países baixos, e que tem se destacado ao longo dos anos como entidade financiadora do setor de alimentação e projetos sustentáveis, publicou recentemente relatório sobre as perspectivas do Brasil para este ano, especialmente para os mercados de suínos e aves.

Segundo a entidade, vários fatores poderão contribuir para a limitação das altas dos preços das carnes suínas e de frango. Competividade e redução da cotação dos grãos são dois motivos apresentados no relatório.

A entidade apontou que ainda uma previsão sobre o real, que não deverá obter os mesmos índices de valorização como em 2016, o que pode prejudicar as exportações. No entanto, há o alento das exportações para a China, que deve estabilizar as compras, assim como 2016.

Mesmo assim há boas perspectivas para o consumo interno de carnes, sobretudo no segundo semestre, em um cenário de crise econômica que pode mostrar algum grau de recuperação.

O planejamento adequado para produção da avicultura gera uma rentabilidade ampla nos lucros e proporciona melhor rendimento da produção. Confira.

Fonte: Suinocultura Industrial

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 3 de fevereiro de 2017