Manifestantes de ONG protetora dos animais protestam contra Burger King

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um grupo de manifestantes vinculados ao Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal promoveu, recentemente, um protesto em frente a uma das unidades do Burger King, em São Paulo. 

O motivo seria a forma com que a empresa vem criando os seus animais para o abate e produção de carnes e ovos, ou seja, mantendo aves e suínos em gaiolas, em condições que impõe sofrimento aos mesmos.

Para demonstrar a indignação, os manifestantes utilizaram máscaras do empresário Jorge Paulo Lemann, empresário brasileiro e um dos donos do Burger King, cartazes de protesto e um porco inflável, dentro de uma gaiola, chamando a atenção dos clientes da empresa e transeuntes.

Em 2015 os ativistas já haviam lançado um abaixo-assinado on-line pedindo um tratamento mais justo com os animais e um modelo de criação mais humanitário.

O documento foi entregue a um dos proprietários da franquia, com cerca de 50 mil assinaturas.

A empresa, em resposta, divulgou nota afirmando que irá mudar o procedimento, primeiramente, nos Estados Unidos, Canadá e México, até 2022.

 

Para as grandes empresas ter um planejamento adequado garantindo o bem estar animal e se mantendo dentro das normas é essencial. Saiba mais.

Fonte: Avicultura

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 12 de julho de 2016