Importação de produtos suínos brasileiro é ampliada pelo Uruguai

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

De acordo com a resolução 200/012, a DGSPU reconhece que o Brasil tem desenvolvido políticas sanitárias que garantem uma condição higiênico-sanitária de animais e produtos de origem animal.

Para a retomada do comércio de produtos suínos o Brasil e o Uruguai estão negociando o certificado sanitário. Em dezembro de 2012, a Direção-Geral de Serviços Pecuários do Uruguai (DGSPU) aprovou a liberação da importação de carne, produtos, subprodutos e derivados de porcos de 13 Unidades da Federação do Brasil, reconhecidas como zonas livres de febre aftosa.

Desde  o último caso de febre aftosa registrado no Brasil o embargo era mantido. Somente Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul tinham permissão para vender produtos suínos para o Uruguai. A nova certificação sanitária vai abrir o mercado para os estados do Acre, Rondônia, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Sergipe, além do Distrito Federal.

Fonte: Revista Globo Rural

Adaptação: Portal Suínos e Aves

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

Veja outras publicações da Portal suínos e aves:

Saiba um pouco mais sobre a situação do mercado de aves de corte no Brasil

Chegou a hora da entrada de novas tecnologias na avicultura nacional

Qual a melhor fonte de ferro para leitões?

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 18 de janeiro de 2013