IMA fiscaliza adição de água em frangos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A adição de água em carnes de frangos é uma fraude sujeita a penalizações e que vem sendo combatida por várias instituições reguladoras do segmento de avicultura de todo mundo.

E com o intuito de coibir esta prática que o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) publicou no dia 9 de setembro duas portarias que aperfeiçoam o controle e fiscalização das indústrias nesta questão.

Os dispositivos determinam normas às entidades que irão colaborar nesta fiscalização juntamente com profissionais do IMA.

As portarias estabelecem parâmetros de aplicação e alterações no Programa de Prevenção e Controle da Adição de Água em Carne de Ave (PPCAACA).

Desta maneira, o peso final do frango  congelado voltado para a comercialização não deverá ultrapassar o percentual de 8% de água, sendo acima disso considerado fraude econômica.

Cada empresa deverá apresentar, portanto, o seu PPCAACA em um prazo de 60 dias junto ao IMA.

De acordo com a entidade reguladora, é importante que o consumidor também ajude a fiscalizar e esteja atento ao peso, tanto das carcaças e cortes de aves como dos pescados durante a compra. Tais informações devem estar nos rótulos.

 

As empresas devem estar atentas em suas produções para não infligir a nova norma estipulada. Saiba mais.

Fonte: Avicultura Industrial

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 27 de setembro de 2016