Gripe aviária causa prejuízo de US$ 351 milhões ao governo mexicano

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um surto de gripe aviária em Jalisco, maior estado produtor de ovos do México, deverá totalizar prejuízo de 4,6 bilhões de pesos (US$ 351 milhões). De acordo com Francico Mayorga ministro da agricultura mexicano, o vírus H7N3, que não afeta seres humanos, levou ao abate ou à morte de 20 milhões de galinhas poedeiras.

Conforme o ministro, até o fim de novembro, o plantel de frangos do México deverá se recuperar para os níveis observados antes da eclosão do surto, em junho. Até o momento, o estado de Jalisco já conta com cerca de 4,5 milhões de galinhas novas, e nenhum novo caso do vírus foi detectado nas últimas duas semanas. No entanto, ele destacou que a situação de emergência “ainda não havia terminado”.

 Em relação a alto nos preços dos ovos de galinha, o ministro aponta que é devido também à seca nos Estados Unidos, que continua puxando os preços internacionais dos grãos e vem gerando aumento dos custos de produção da indústria avícola, que usa milho e sorgo como ração.

– Mesmo que tenhamos um abastecimento normal, isso não significa que os preços vão voltar ao patamar de junho – afirmou Jalisco.

Por enquanto, galinhas poedeiras que normalmente são abatidas após seu primeiro ciclo de reprodução estão sendo mantidas vivas durante dois ou três ciclos de fornecimento de ovos para aumentar a oferta doméstica do produto. O México também está aguardando importações livres de impostos de ovos da Costa Rica, do Chile e, possivelmente, da Colômbia e Malásia.

Fonte: Rural BR

Adaptação: Escola do Cavalo


Conheça o Conheça o Curso sobre Alimentos e Alimentação de Frangos de Corte!

 

 

Veja outras publicações do Portal Suínos e Aves:

Crise na Suinocultura: desistir ou buscar alternativas?

Liberada a exportação da carne suína brasileira para a argentina

Exportação brasileira de frango no primeiro semestre aponta avanço na exportação anual

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 10 de setembro de 2012