Estresse por calor leva os frangos à morte

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O estresse de calor em aves pode ser entendido como alteração das funções orgânicas que buscam trazer o organismo para o estado de equilíbrio, mantendo o meio interno e suas atividades vitais.

As aves são animais homeotermos, e mantêm a temperatura corporal ou dos órgãos vitais (cérebro, pulmões, coração, trato digestório) estável, ou seja,41°C, com variação de0,5°Cpara mais ou menos. A temperatura das extremidades, como patas, crista, barbela e demais áreas superficiais apresentam grande variação, pois dependem do fluxo de calor que ocorre entre as partes internas e a superfície da pele, considerando que a ave está inserida no meio ambiente, com o qual troca calor.

O conforto térmico das aves é quando a temperatura do animal está ao redor de25 a28°C, portanto a temperatura média da superfície da pele é ao redor de33°C, e a interna de41°C, como existe uma diferença de temperatura entre a superfície da pele e o ambiente, ocorrerá um fluxo de calor do local mais quente (pele) para o mais frio (ambiente). O processo de transferência de energia é denominado troca sensível de calor, pois a ave perde a energia através de mecanismos radiativos, condutivos ou convectivos.

Como a diferença de temperatura é de5°C, a ave tem pouco gasto de energia para acionar os mecanismos de alarma, mantendo a homeotermia. No entanto, quando a diferença aproxima-se de zero (temperatura do ambiente igual à temperatura de pele), a ave não consegue perder calor através dos mecanismos sensíveis, ocorrerá acumulo de energia com o aumento da temperatura interna, o que acarreta o estresse pelo calor.

O estresse causado pelo calor pode levar à morte.

Fonte: Rural Soft

Adaptação: Portal Suínos e Aves

Conheça o Cursos de Planejamento e Produção de Frango de Corte

Veja outras publicações da Portal suínos e aves:

Saiba um pouco mais sobre a situação do mercado de aves de corte no Brasil

Chegou a hora da entrada de novas tecnologias na avicultura nacional

Qual a melhor fonte de ferro para leitões?

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 15 de março de 2013