Erisipela em Suínos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Erisipela em suínos é uma zoonose causada pela bactéria Erysipelothrix rhusiopathiae. Uma enfermidade hemorrágica que provoca lesões cutâneas, articulares, cardíacas, septicemia, além de causar abortos em porcas em gestação.

Esta doença é também encontrada em outros animais como: mamíferos, peixes e aves. A principal fonte de infecção é o suíno portador, as bactérias se alojam nas tonsilas e em outros tecidos linfóides dos suínos, sendo eliminadas nas fezes, urina, saliva e secreções nasais. O solo, a água, os alimentos, são fontes de infecção e contaminação pelas bactérias.

Os sinais clínicos podem ser observados de forma hiperaguda levando o animal a morte súbita e de forma aguda, causando febre alta, conjuntivite, andar cambaleante, entre outros. As lesões aparecem cutaneamente, lembrando contornos em losango. Esses sinais geralmente desaparecem no período de 4 a 7 dias ou podem ainda gerar necrose. O diagnóstico pode ser realizado através de sinais clínicos e exames laboratoriais.

 

O produtor precisa estar atento a qualquer sinal dessa doença para poder manter o controle de sua criação. Saiba mais.

Fonte: Agricultura

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 13 de julho de 2016