Empresa defende criação de aves fora da gaiola como metodologia

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Atualmente cerca de 90% da avicultura brasileira cria suas galinhas em gaiolas. Porém, é cada vez maior a necessidade de mudança para um sistema sem confinamento, metodologia usada, por exemplo, pela empresa FAI Farms do Brasil, que vem adotando esta prática em seu sistema produtivo e alcançando ótimos resultados.

Em parceria com a Korin Agropecuária, a empresa defende que a avicultura pode produzir ovos a partir de sistemas alternativos de criação, com alto desempenho, diferente dos moldes tradicionais, beneficiando aves e produtores.

Para o diretor executivo da companhia, Murilo Quintiliano, este é um procedimento que visa o bem estar das aves, e deverá ser a tendência industrial daqui pra frente.

Para ele, o setor da avicultura brasileira possui plenas condições para migrar para este modelo, por possuir respaldo científico, técnico, econômico e ambiental para esta finalidade.

O executivo ressaltou ainda, em entrevista para um site especializado, que sistemas alternativos para a avicultura demandam mais atenção e cuidado por parte do produtor, mas com resultados compensatórios.

Um exemplo são ovos de melhor qualidade, animais mais saudáveis e um melhor apoio do mercado consumidor, que vem reconhecendo cada vez mais as empresas que respeitam o bem estar do animal e o meio ambiente.

 

Entenda mais sobre esse processo de produção da avicultura. Clique aqui.

Fonte: Avicultura Industrial

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 11 de outubro de 2016