Doenças decorrentes pela falta de cuidados na produção avícola

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Para que a criação das aves aconteça de forma saudável e consequentemente lucrativa são necessários alguns cuidados em relação ao manejo, alimentação e também a prevenção de doenças que venham a acometer o plantel.

Porém, mesmo com todos os cuidados algumas doenças acometem os animais como a caquexia, muda, hipovitaminose e a biotina.

A caquexia é popularmente conhecida como queixo seco, ela não é caracterizada como uma doença, mas sim como um sintoma. As aves acometidas pela caquexia emagrecem com rapidez devido à deficiência nutricional, a doenças bacterianas, a doenças fungicas, a doenças parasitárias e também a doenças virais.

A muda se caracteriza por um processo natural que acontece com as aves a fim de renovar a plumagem, o período vai variar de acordo com a espécie e o indivíduo. As falhas podem ocorrer e são corrigidas com a suplementação alimentar adequada. As maiores falhas são a muda encroada em consequência da deficiência de iodo;a muda rala por deficiência de vitaminas A, D, E e Cálcio; e a muda constante por deficiência de vitaminas e minerais.

A hipovitaminose se associa à má nutrição das aves, causa do peito seco, penas velhas, feias e arrepiada. A hipovitaminose esta caracterizada pela falta de vitaminas.Já a biotina são as dermatites que acometem os pés e bicos, ao redor dos olhos, deformação óssea, bicos tortos e formação de cistos de penas em canários.

 

 Brasil ocupa lugar de destaque no ranking da produção avícola? Quais os sistemas de produção mais utilizados e alguns avanços de edificações na produção de frangos de corte? Como realizar o manejo de Frangos de corte?    

Fonte: Avicultura Industrial

Adaptação: Portal Suínos e Aves

 

Conheça os Cursos de Planejamento e Produção de Frango de Corte

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 22 de julho de 2014