Desoneração vem em boa hora, diz indústria de carnes

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Indústrias do setor de suínos estão concentradas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

A indústria de carne suína no Brasil, com 190 mil empregados, ainda ocupa bastante mão-de-obra, mais do que nos concorrentes, onde o setor já é bastante automatizado, explicou a Abipecs.

“O principal benefício da desoneração da folha de salários é tornar o setor mais competitivo frente aos concorrentes internacionais, como os EUA, a União Europeia e o Canadá”, acrescentou a Abipecs.

Camargo Neto, que participou da reunião com o ministro, explicou que com a desoneração a contribuição patronal de 20 por cento ao INSS será substituída por uma alíquota de 1 por cento sobre o faturamento.ID:nE5E8FB027

É bastante positiva a medida e chega em boa hora, pois ajudará o setor a enfrentar uma conjuntura difícil, com a elevação dos custos de produção devido à alta dos insumos, principalmente o farelo de soja”, disse em nota Pedro de Camargo Neto, presidente da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs).

Disseram associações, com a desoneração da folha de pagamentos anunciada na quinta-feira 20-09 pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, ela ajudará as indústrias de carne suína e de frango a enfrentarem o cenário atual de altos custos, que vêm apertando as margens do setor.

Fonte: Suínos

Adaptação: Portal Suínos e Aves

 

 

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura 

 

 

Veja outras publicações da Portal suínos e aves:

Os ovos de pata e codorna querem seu lugar à mesa

Para o cigarro tudo. Para a suinocultura nada.

veja como funiona a produção de ovos em cruzeiro do sul

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 20 de setembro de 2012