Crise que atingiu a avicultura brasileira prejudicou a produção de rações em 2012

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A estimativa divulgada na sexta-feira pelo Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações) prevê que o Brasil tende a encerrar este ano com  queda de 3,4% na produção de ração. A produção deve ficar em torno de 62 milhões de toneladas  em 2012, sendo que em 2011 foram produzidos 64,5 milhões de toneladas. A crise que atingiu a avicultura brasileira prejudicou a produção de rações neste ano.

O vice-presidente executivo do Sindirações, Ariovaldo Zani, em comunicado disse que “o setor engatou a marcha à ré no primeiro trimestre de 2012 e o recuo tem se intensificado por causa do alto custo do farelo de soja e do milho, baixos preços pagos aos produtores e desaceleração no ritmo exportador das carnes”.

Segundos os dados da Sindirações a avicultura absorve 55% da produção nacional de rações, apesar do recuo. O segundo lugar fica com o segmento de suínos, que representa 23% da produção brasileira de alimentação animal. Já a bovinocultura contribui com 12% do total produzido.

O segmento pode retomar a trajetória de crescimento verificada nos últimos anos, mas para que isso aconteça  em 2013 o Brasil precisará crescer a um ritmo mais elevado, disse Zani. Outra condição fundamental  para a retomada do crescimento é recuperação da demanda nos EUA e na União Europeia.

Fonte: Ave World

Adaptação: Portal Suínos e Aves

 

Conheça os Cursos de Planejamento e Produção de Frango de Corte

 

Veja outras publicações do Portal Suínos e Aves:

Crise na Suinocultura: desistir ou buscar alternativas?

Liberada a exportação da carne suína brasileira para a argentina

Exportação brasileira de frango no primeiro semestre aponta avanço na exportação

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 11 de dezembro de 2012