Criação de etiqueta especial permite identificar a qualidade da carne

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma criação da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), de nome SaferTag, promete contribuir para o setor de carnes no Brasil. Trata-se de uma etiqueta que identifica a qualidade da carne, ou seja, se está própria ou não para o consumo.

O material é encostado diretamente na carne e manifesta, através de uma carinha fechada, quando o produto não está bom, principalmente em relação a temperatura, que é um dos principais fatores da causa de perda de qualidade do produto.

A etiqueta, de baixo custo, conta com um sistema chamado de “eletrônica orgânica”, que é aprovado pelos órgãos federais e internacionais.

O objetivo da criação é auxiliar no processo de monitoramento da qualidade da carne, sobretudo durante a fase de distribuição.

O grupo, que desenvolveu o projeto no Laboratório de Polímetros e Propriedades Eletrônicas de Materiais da Universidade, pretende agora encontrar empresas patrocinadoras para que o material seja fabricado em escala industrial.

Saiba mais sobre o bem-estar, legislação e as principais medidas de biosseguridade para a avicultura. Confira.

Fonte: Avicultura Industrial

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 12 de abril de 2017