Como alimentar as codornas

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

É muito importante atentar para a alimentação das codornas, em cada fase de sua vida, numa criação racional. Com os cuidados e tipos de alimentação adequados, são grandes os benefícios para esse tipo de criação.

As codornas recém-nascidas não devem receber nenhum alimento durante 24 horas. Nesse período, se alimentam de substâncias existentes no saco vitelino com o qual elas nascem, e, que, depois, é absorvido completamente. Além disso, precisam permanecer na câmara de eclosão, até que suas penugens fiquem bem secas.

Após 24 horas de nascidas, devem ser levadas para criadeiras ou baterias, que possuam uma fonte artificial de calor. Caso contrário, correm o risco de não sobreviverem.  Nessas baterias, já devem encontrar ração e água à sua disposição, sempre à vontade, para que nunca lhes faltem. Seu acesso aos comedouros e bebedouros, portanto, deve ser permanente.

A primeira ração deve ser rica em proteínas, ou seja, à proporção de 26 a 30%. Com 15 a 20 dias, devem receber uma ração com um teor de proteínas de 20 a 25 ou até 28%, a ração de crescimento.

Existem, também, algumas rações, consideradas como iniciais e de crescimento ou engorda, oferecidas às codornas, desde a idade de 2 até 42 a 45 dias, época do seu abate ou entrada em produção.

Entretanto, há que se ter o cuidado de, no caso de se  usar os dois tipos de ração. A passagem de um para o outro deve ser gradativa, pois esse procedimento pode provocar stress e prejudicar o desenvolvimento das codornas.

Já a ração de postura deve ter 23% de proteínas e a de manutenção, 12%. Deve ser oferecida às codornas, tanto as fêmeas quanto os machos, aos 25 dias de vida. Basta ministrar a ração balanceada, à vontade, não sendo necessário oferecer-lhes o verde.

Esses cuidados e procedimentos adequados vão permitir uma boa produção e reprodução nesse tipo de atividade, que pode ser bastante lucrativa.

Fonte: Rural News

Adaptação: Portal suínos e aves

 

 

 

Conheça o Cursos de Planejamento e Produção de Frango de Corte

Veja outras publicações do Portal Suínos e Aves:

Vacinação para frango de corte e galinha poedeira

Brasil perde clientes do mercado avícola

Suinocultores buscam linha de crédito, preocupados com o preço do milho

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 23 de abril de 2012