Caracterização da peste suína clássica

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

manejo de leitoesA peste suína (PSC) é também conhecida como febre suína ou cólera dos porcos. É uma doença contagiosa causada pelo vírus RNA da família Flaviviridae, podendo levar o animal à morte. Quando o vírus infecta os animais ele ataca as células endoteliais, células linfo-reticulares, macrófagos e algumas células epiteliais específicas.

            Os sintomas característicos da PSC dependem de alguns fatores como idade e a virulência da cepa envolvida. Os sinais característicos são depressão e febre alta, associados com leucopenia rigorosa, e também como o vírus acomete o sistema linfóide, há necrose das amídalas; os animais de pele branca apresentam regiões avermelhadas, hemorragia e cianose, principalmente nas extremidades, axilas, abdômen e face interna dos membros.

            O vírus é disseminado por via oronasal e a propagação da PSC acontece principalmente quando há alta densidade populacional e presença de porcos silvestres.   Para controlar a doença os animais são vacinados, esta induzos anticorpos neutralizantes no plantel, porém é necessário eliminar todos os animais infectados.

Quais os princípios da qualidade aplicada á suinocultura?

Qual o papel do gerente na formação da equipe?

Quais são os investimentos para entrar na atividade?

Fonte: Info Escola

Adaptação: Portal Suínos e Aves

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 15 de julho de 2014