Aviculturas rurais do Vale do Jequitinhonha recebem campanha de vacinação

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma campanha de vacinação voltada para aviculturas de subsistência, realizada no município de Bandeira, no Vale do Jequitinhonha, na região norte de Minas, vem fazendo a diferença em prol da saúde destes animais e da população local.

Criada pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), a campanha tem ajudado a reduzir o índice de mortalidade destas aves criadas em comunidades rurais.

Antes, no entanto, era comum se deparar com animais mortos, em virtude de várias enfermidades, como a Bouba Aviária e da Doença de Newcastle.

O projeto, que possui um viés preventivo, conta com parcerias para ser executado. Enquanto a prefeitura de Bandeira fornece as doses das vacinas para os produtores, a Emater realiza o ensino da aplicação das doses, através de cursos voltados aos produtores.

Durante estas apresentações são abordados todos os procedimentos técnicos necessários para o sucesso da imunização, bem como dicas de manejo adequado para que animal produza boa carne e ovos.

Ao todo, a campanha já conseguiu vacinar mais de 500 aves, em cinco comunidades, colaborando diretamente para cerca de 50 famílias locais.

Segundo a Emater, as doses e as palestras serão repetidas semestralmente, sendo que o objetivo é contemplar todas as comunidades do local, ao todo 11, com mais de 1.000 animais.

A avicultura do Vale do Jequitinhonha exerce um importante papel social e econômico, já que é fonte de renda e alimentação destas famílias.

 

A prevenção das doenças que afetam a avicultura irá garantir os produtores maior controle da produção. Saiba mais.

Fonte: Portal do Agronegócio 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 3 de outubro de 2016