Aparelho de vacina sem agulha para suínos chega ao mercado brasileiro

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A suinocultura brasileira recebeu, no final do mês de julho, uma boa notícia voltada para a imunização de animais. É que acabou de chegar ao país a vacinação intradérmica, ou seja, sem o uso de agulhas.

O lançamento do produto aconteceu no Hotel Hilton, em São Paulo, pela empresa MDS Saúde Animal. A tecnologia possibilitará melhores resultados na vacinação, na medida em que não causa tanta dor ao animal pelo fato da dosagem ser feita na pele, em pequenas quantidades, sob pressão monitorada.

O dispositivo IDAL® System, nome do produto que recebe a ampola da vacina, é uma grande inovação para o mercado da suinocultura, sobretudo por conta da valorização do bem estar do animal, tema que vem ganhando destaque e atenção por criadores e empresas de todo o mundo.

Isso, além do mercado consumidor, cada vez mais exigente e atento a estas questões. É, portanto, uma prática mais saudável de manejo e que evita o estresse do animal, a contaminação cruzada, além de possíveis acidentes de trabalho com profissionais do setor.

O Brasil é o terceiro país a utilizar esta vacina na América Latina. Já a Europa vem usando a tecnologia há alguns anos, e em grande escala, contribuindo para a difusão desta tendência mundial.

 

A tecnologia vem inovando a suinocultura e com isso os produtores devem estar atentos ao planejamento de sua criação. Saiba mais.

Fonte: Suinocultura Industrial

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 16 de agosto de 2016