Boas práticas de manejo na criação de codornas

Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF

Boas práticas de manejo na criação de codornasAs boas práticas de manejo das codornas garantem uma boa produção, alguns cuidados devem ser tomados com a reprodução para que haja sucesso no nascimento. O primeiro passo é ter boas matrizes e reprodutores, além de oferecer uma nutrição adequada e praticar um bom controle sanitário.

Em seguida é preciso formar famílias de um macho para cada três fêmeas; selecionar os ovos, sendo que os de peso médio, entre onze de doze gramas, proporcionam filhotes com pesos semelhantes e os lotes também serão mais equilibrados, o que evita disputa de convívio.

Após a escolha dos ovos, eles precisam ser armazenados entre três e cinco dias, com a extremidade mais convexa, ou seja, mais redonda, voltada para cima. O local escolhido para reprodução deve ser fresco e arejado, a temperatura média de 17ºC, que não deve ultrapassar os 23,9ºC, pois assim é evitado o desenvolvimento do embrião fora da incubadora, fato que causa grande mortalidade na fase inicial.

Com a seleção dos ovos é necessário observar também as indicações de uso da incubadora que irá ser utilizada, e também a umidade relativa do ar deve ser mantida de 60 a 70%. Se todos os cuidados necessários forem tomados e seguidos com cautela, os filhotes irão nascer depois de 17 ou 18 dias.

Qual a situação da avicultura Brasileira?

Como realizar corretamente o manejo de frangos de corte?

Qual a importância do bem-estar e biossegurança na produção de frangos de corte?

 

Fonte: Revista Globo Rural

Adaptação: Portal Suínos e Aves

Conheça os Cursos de Planejamento e Produção de Frango de Corte

planejamento-e-produçao-de-frango-de-corte21

Veja Também

Comentários

Deixe seu comentário

Receba nossas novidades!

Digite seu e-mail:

Curta nossa página


Tire suas dúvidas Preencha os campos abaixo