Temperatura ideal em suinoculturas é essencial para o sucesso produtivo

O desempenho de suínos depende de um conjunto de fatores correlacionados, os quais são determinantes para a produtividade. O produtor deve tentar realizar um planejamento que vise o bom manejo nutricional, investimentos em sanidade, aprimoramento genético e, ainda, projetos relacionados a temperatura ambiente.

Esta última ação, aliás, é negligenciada em alguns estabelecimentos, inviabilizando todas as outras ações de manejo, por melhores que elas sejam. Isso porque a ventilação, bem como a temperatura e umidade do ar, representam o conforto térmico do animal.

Caso estas questões não estejam devidamente alinhadas, há grandes possibilidades do animal se sentir estressado, o que certamente irá gerar impactos negativos na alimentação e, consequentemente, no desempenho como um todo.

Antes de iniciar um investimento neste quesito, o produtor deve ter em mente informações técnicas de profissionais a respeito da qualidade do ar do estabelecimento. A ventilação artificial deve ser viabilizada somente quando os meios naturais não atendem as condições mínimas necessárias.

No Brasil, por exemplo, quase é necessário a opção por estes sistemas, já que nossas temperaturas, na maior parte do ano, ultrapassam os 25 graus, o que já torna a criação suína de alta qualidade dependente destas tecnologias.

Há inclusive várias opções no mercado de sistemas dos mais variados tipos. Para isso, o produtor, antes de adquirir algum, deve levar em consideração itens importantes como o custo-benefício e, principalmente, o treinamento dos profissionais envolvidos na operacionalização.

Saiba planejar de maneira eficiente uma produção de suínos e se destaque na qualidade. Confira.

Fonte: Suinocultura Industrial

Administração

Areas

Notícias

Sanidade

Suínos

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Revista Agropecuária Tecnologia e Florestas
© 2017 Portal Suínos e Aves . Todos os Direitos Reservados.