Procedimentos de pré-abate são cruciais na produção de frangos de corte

É muito importante que o produtor de frangos de corte tenha em mente que não adianta adotar um controle de qualidade e manejo durante praticamente todo o processo de criação e negligenciar a etapa final, sendo essa uma das mais importantes.

Se os animais não estiverem sob as devidas condições requeridas pelo pré-abate, todo o trabalho pode ser comprometido, ao gerar carcaças de má qualidade, proporcionando prejuízos e perda de produção.

No processo de “pega” das aves, por exemplo, há geralmente um nível de estresse elevado no animal, o que deve ser levado em consideração, sendo que isso pode ser evitado com procedimentos específicos e eficazes.

Outro aspecto importante diz respeito ao conforto térmico do local. Deve-se observar, além das instalações e auxílio de aparelhos para medir a temperatura, um horário especial para que isso também não comprometa a produção.

O transporte é também uma das grandes preocupações desta etapa, sendo considerado um ponto crítico. No entanto, já existem alternativas para minimizar esse impacto no estresse e conforto dos animais.

Estes são apenas alguns exemplos de situações e maneiras de proporcionar ao animal condições ideias de pré-abate, de modo a gerar caraças de qualidade. Sendo de extrema importância que os produtores busquem cada vez mais informações sobre o manejo pré-abate e as principais técnicas adotadas.

Pensando nisso nós trouxemos algumas dicas que podem atender as exigências do mercado e garantir a qualidade do produto, gerando lucro e evitando perdas. Confira.

Fonte: Equipe Suínos e Aves

Abate

Administração

Areas

Aves

Aves de postura

Comércio

Curiosidades

Destaques

Instalações

Notícias

Nutrição

Parceiros

Produção

Raças

Sanidade

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Revista Agropecuária Tecnologia e Florestas
© 2017 Portal Suínos e Aves . Todos os Direitos Reservados.