Doença de Gumboro na avicultura de corte

Uma virose altamente resistente e que ataca aves de várias idades e em todas as partes do mundo, a Doença de Gumboro ao infectar estes animais provoca diarreia, depressão, hemorragias, edemas, além do pior da queda considerável do sistema imunológico, a ponto da ave não apresentar respostas às vacinas.                 

A enfermidade vem causando ao longo dos anos enormes prejuízos nas aviculturas, com impacto de forma direta ao desenvolvimento por conta das perdas da conversão alimentar.

Sua transmissão acontece por meio das fezes dos animais infectados, ração contaminada, água, dentre outros, sendo a porta de entrada a via oral dos animais.

A doença, que ainda pode ser transmitida para os pintinhos, podendo levar a outros quadros de infecção secundários no aparelho respiratório.

Veterinários e Zootecnistas vêm, por conta da Gumboro, traçando estratégias de controle e prevenção da doença por meio da imunização de matrizes, através de vacinação, já que a doença não tem tratamento.

Formas de manejo correto também podem inibir a doença, sobretudo porque a mesma encontra mais facilidade para se manifestar em momentos de estresse e calor sentidos pelo animal. 

 

O planejamento e o manejo da produção ajudam na prevenção dessa doença. Saiba mais.

Fonte: Avicultura industrial

Abate

Aves

Aves de postura

Instalações

Notícias

Produção

Sanidade

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Revista Agropecuária Tecnologia e Florestas
© 2018 Portal Suínos e Aves . Todos os Direitos Reservados.