Doença de Newcastle

A Doença de Newcastle é uma das mais preocupantes de todas as doenças conhecidas em galinhas, por afetar aves de vários países, sobretudo na Ásia e América Central, além de gerar muitos prejuízos e possuir um potencial altamente contagioso.

Também conhecida por pseudo peste aviária ou pneumoencefalite aviária, ela recebeu o atual nome em referência a cidade de Newcastle, na Inglaterra, quando foi identificada pela primeira vez, no ano de 1926. Mas foi um surto no ano de 1972, no sul da Califórnia, que fez a doença ganhar maior repercussão, tendo em vistas que milhares de galinhas morreram ou foram sacrificadas para controle da doença. 

O contágio pode ocorrer por contato direto, fezes e secreções dos animais, gaiolas sujas, ração contaminada, dentre muitas outras possibilidades. O vírus pode ainda ultrapassar a casa dos ovos e afetar inclusive os filhotes. 

Os primeiros sintomas detectados da doença são conjuntivite, secreções nasais, respiração obstruída, fezes de coloração verde, cansaço, dores no pescoço, podendo em alguns casos levar inclusive a morte súbita.

Não existe nenhum medicamento específico para doença, entretanto, alguns criadores destes animais têm utilizado injeções de imunização, para se evitar o contágio.

O melhor caminho, portanto, é a precaução ao desinfetar os aviários, sobretudo entre cada lote de aves, e ao adquirir galinhas de outras granjas, especialmente as que não têm procedência, é importantíssimo deixar o animal na quarentena.

Por fim, no primeiro sinal da doença é preciso comunicar imediatamente o órgão público competente, que orientará como fazer o controle, por meio do isolamento das fezes dos animais e a análise das sustâncias infectadas através de um laboratório credenciado. 

 

O planejamento dos aviários é de extrema importância para que essas doenças não se proliferem entre os animais. Saiba mais.

Fonte: Como Criar Galinha

Aves

Instalações

Notícias

Produção

Sustentabilidade

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Revista Agropecuária Tecnologia e Florestas
© 2018 Portal Suínos e Aves . Todos os Direitos Reservados.