Suínocultura tem sido de constantes oscilações

Este início de ano para os suinocultores tem sido de constantes oscilações, tanto na comercialização da carne de porco, quanto no preço dos manejos empregados na cultura.

A ração utilizada pelos suinocultores é a principal vilã dos custos produtivos, principalmente pelas variações comerciais dos grãos utilizados em sua fabricação.

A atual alta no preço do milho fez subir o custo da ração consumida pelos animais. Além do aumento do preço da soja no mercado, fazendo elevar ainda mais os custos, já que o grão é um importante ingrediente da ração.

E a oferta da carne no mercado está maior, fazendo o preço do suíno cair. Dados da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (ABIPECS) mostram quedas nas exportações, em especial a crise observada nas últimas semanas com os importadores argentinos, que eram nosso quinto maior comprador, com comercialização mensal próximo de quatro mil toneladas vendidas, número que caiu para menos de meia tonelada por mês.

      Fonte: G1 Adaptação: Portal suínos e Aves      

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

      Veja outras publicações da Portal suínos e aves: Mercado de ovo continua estagnado ASSUVAP e COOSUIPONTE promovem a 7a SUINFEST em julho Suíno vivo tem alta nos preços    

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Revista Agropecuária Tecnologia e Florestas
© 2018 Portal Suínos e Aves . Todos os Direitos Reservados.